O Autor

 

Edson Simon
escritor e contador, 
pós graduado em Comercio Exterior e Negocios Internacionais pela FGV. 
Nasceu em Blumenau (SC) 
aos 10 de janeiro de 2010. 
é membro da Sociedade Escritores de Gaspar 

É autor dos livros: 

O Farol da Sublimação  (Romance, Nova Letra Editora, 2007), O Incessante Desejo de Sonhar (Poemas, Papel Virtual Editora, 2005),  Reaprendendo a Sonhar - O Jardim Secreto  (Romance, Editora Novo Século, 2011)


Autobiografia 

Desde que eu era “rapaix pequeno” como dizemos aqui em Gaspar-SC, cidade onde nasci em 10/01/1969, duas características foram marcantes na minha vida: viver em um mundo particular, circunstância também expressa por timidez, e ser entusiasta das expressões artísticas (por consequência). Minha primeira incursão no mundo das artes foi bem no limiar da minha vida quando decorava com facilidade as músicas executadas no nosso velho rádio ABC. Fui apenas um cantor juvenil medíocre de banheiro, sem futuro, desisti.Na época da escola, ou até um pouco antes, uma outra expressão de arte me fascinava: o desenho. Estimulado primeiramente em reproduzir figuras das revistas de motocicletas do meu pai, em seguida vieram minha próprias criações. Este talvez seja a segunda opção do que eu gostaria de ser quando crescer. Fiz um certo sucesso nas aulas de Educação Artística, sendo inclusive elogiado por algumas professoras, nas outras matérias nem tanto.

Crescí um pouco, fiz alguns desenhos, pintei alguns quadros, nada digno de exposição, desistimulado, desisti.Quando adolescente, no auge da rebeldia, tentava transportar minhas impressões do mundo para o papel, mesmo não sendo um leitor assíduo, acredito que nessa fase a poesia era meu escape para trabalhar certos processos mentais pela linguagem. Na faculdade de Ciências Contábeis aprendi minha profissão e função principal.

Dos 24 aos 34 anos guardei algumas desses textos que foram resgatados e se transformaram na minha primeira publicação: o livro de poemas “O Incessante Desejo de Sonhar”. Como disse minha irmã, e eu acabei acreditando, revisora, incentivadora e colaboradora da sinopse do livro: “Obra de rara beleza enredada por expressões e impressões da vida e do cotidiano descritas com a sensibilidade daqueles cuja observação e reflexão da condição humana é o traço peculiar”.
Antes, tinha participado em quatro antologias literárias com prêmio de publicação. Para “incrementar” meu currículo, cursei pós graduação em Comércio Exterior e Negócios Internacionais. Com mais contato com livros e sites de poesia descobri o que quero ser agora que cresci, escritor. Assim continuo tentando.Escrevi um poema que talvez traduza meu desejo de deixar meus versos para os futuros passageiros desse maravilhoso mundo:

Herança

Os versos ternos
Debruçados no papel
Podem ter um papel eterno

Para aqueles que lêem
Na mesma sintonia
Que os versos têm

O poeta talvez
Nem tivesse
Tal pretensão

Resignado,
Sabe que não é eterno
Mas seus versos serão